Stadsbibliotek

Hoje foi o segundo dia em que senti preguica para levantar da cama. Desde o dia em que cheguei, nao consigo dormir muito na verdade. Acabo acordando cedo, o que e otimo, como tambem dormindo cedo. Um milagre para ambos. Esta manha estava com preguica, porem.

Fui ao Skatteverket, tipo de reparticao publica, e finalmente dei entrada na papelada para o RG, o social security number. Sem este registro, torna-se dificil fazer qualquer coisa por aqui. Pois bem, basta esperar 4 semanas e receber-lo-ei em casa.

*Trilha do momento: Hard to Say I`m Sorry, David Foster. Carol e hacker de achar essa versao em piano.

O proximo passo e contactar o Migrationsverket, outra reparticao que controla imigracao para  a Suecia. Ai podemos ter problemas, pois a tao celebrada liberdade entre os paises da Uniao Europeia nao e tao valida para todos. Para ter um resindence permit (permissao para residir no pais), e necessario ter: muito, muito, muito dinheiro; um emprego ou estudar. O ponto e que nenhum desses requisitos e tao facil quanto parece. O primeiro certamente.

Apos o Skatteverket, aproveitei para ir a Stadsbibliotek, isto e, a biblioteca publica. E impressionante. Gigantesca, com livros de todos os assuntos, logicamente a maioria em sueco. Linda. Publica. Ja fiz meu registro e peguei minha carteirinha.

Carteirinha com numero PIN
Carteirinha com numero PIN

DSC00171

Voltarei la amanha para tentar achar um livro de sueco para mim, ja que demorara um pouco para eu conseguir entrar no curso gratuito para estrangeiros. Ha uma fila de espera de ate tres meses.

Voltei para o dorm, escrevi alguns emails e assim as horas passaram. Impressionante. Quando o Erik chegou, fomos comer sushi em restaurante pequenino, comida para viagem. O sushi estava otimo, mas a felicidade, ou a ansiedade talvez, atacou e tive que ir ao mercado comprar bizus, batatas, chocolate. Comi quase a barra inteira.

Bizus
Bizus

Erik fez uma limpa no armario de camisetinhas fashion dele. Ganhei varias, incluindo uma calca jeans. Boyfriend jeans.

Anúncios

4 comentários sobre “Stadsbibliotek

  1. Peterson Machado

    Noooosssa Camila como vc está metida…ahahuahuhuahu
    Nem posso acreditar que vc está aí…Loucura!(boa!).
    Muito interessante acompanhar as suas caminhadas na terra do pai do Ride´s.
    Que bom saber do Erick, essa pessoa maravilhosa que só está te fazendo muito bem e ainda por cima é fashion!!!!!LUXO…
    Detalhe da fotinho:ATUM,RAÇÃO,CHOCOLATE,LOU LOU,COLÍRIO,212,ÓCULOS e a nossa “aguinha matinal da natura… Bom, já que o Hellman fez faxinão por aí,quero te lembrar que eu existo,logo;se tiver algum “trapinho” sobrando, pode mandar que a família (Petiso)agradece a atenção!!! Beijão,abraços pra vcs. Quero acompanhar as façanhas do “Casal Forasteiro 2”
    Porque o 1 sou eu e a busti!!!!!

    Curtir

  2. Caroline Azevedo

    Adoreiiiiiiiiiiiiii esse post, realmente conta bem o seu dia com as fotinhos ilustrando, uma graça!
    Conheçi os bizus, o tal suco com um monte coisa dentro, vi o seu Lou Lou e o mais curioso: o famoso perfume de jabuticaba…hummm…apaixonante 😉
    Boyfriend jeans é tuuuuuuudo imagino aí na Europa!!!
    Ah, muito interessante poder fazer curso grátis da lingua local para estrangeiros; faça sim!!
    Tive que ser hacker sim pq essa música é uma raridade, ótima trilha…
    Beijos grandes

    Curtir

  3. Pingback: Uppehållstillstånd e os estudos na Universidade de Linköping « ✈

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s