Bad trip II

A aventura continuou depois do aeroporto. Apos muitas lagrimas e muitos abracos (Carol que o diga), passei pela alfandega, mostrei passaporte, usei o brasileiro para deixar o pais. Foi so o tempo de ir ao banheiro e logo ja tive que embarcar. Bom, classe economica, fileira do meio, lado do corredor, aquele aperto. E praticamente um onibus que voa. Eu estava morrendo de fome, entao logo comecei a comer Stax, as batatinhas que a Carol e o Petiso me deram de presente. Petiso ate me deu a notinha do supermercado, super fofo. Lembro me bem do dia em que fomos compra la no Carrefour. Fomos no cruzeiro depois, com o Old Eight. 😛

Enfim, a viagem foi confortavel, havia muitos discos legais para ouvir, nem acreditei na quantidade de musicas do Bob Dylan disponivel. Tinha ate o proprio Together Through Life, alem da coletanea Forty Licks dos Rolling Stones, para mim uma das mais competentes em abarcar os mais de 40 anos de carreira da banda. Tentei assistir a Onde os Fracos nao Tem Vez (No Contry for Old Men), dos irmaos Coen, com um dos meus atores prediletos, o Javier Bardem, mas era dublado. Nao da.

* Trilha: Maggie May, Rod Stewart

Fileira onde sentei. Royal Dutch Airlines (KLM), holandesa.
Fileira onde sentei. Royal Dutch Airlines (KLM), holandesa.
Pequena TV, individual, onde a pessoa escolhe as musicas, filmes, canais de TV...
Pequena TV, individual, onde a pessoa escolhe as musicas, filmes, canais de TV...

DSC00018

Portugal!
Portugal!
Portugal novamente
Portugal novamente
Cozinha do aviao
Cozinha do aviao

A primeira refeicao foi um lanchinho, serviram bebidas, tomei suco, e ofereceram umas amendoas salgadas. Nao gosto, fiquei nas batatinhas mesmo. Logo apos veio o jantar, para a minha sorte, peixe. Arroz, peixe com um molho pedacudo e um pure de batata doce horrivel. No geral, a comida estava boa, a receita foi desenvolvida por uma chef de um restaurante bem famoso de SP, o Tordesilhas. Harmonizei o peixe com uma Heineken. Na verdade, nao harmonizei nada, pois esse estilo nem combina com a receita do peixe, foi uma desculpa para eu provar a Heineken holandesa.Gostei muito. Sempre considerei a Heineken a melhor opcao entre as cervejas de maior consumo, agora fiquei mais fa ainda. A versao holandesa e diferente da brasileira, pois e bem mais lupulada, portanto, o amargor e mais proeminente.

Durante a noite, teve sorvete de chocolate. Ao amanhecer, cafe da manha. Tomei cafe preto, loooooooogico, suco, agua. Havia uma quiche com queijo por cima, mas estava com muito gosto de ovo. Comi, tambem, frutinhas, iogurte. Deixei o folhado de frutas secas, nao curto estas coisas desidratadas.

O voo chegou a Amsterdam, Holanda, 40 minutos atrasado. Ai a aventura continua.

Primeira vista de Amsterdam
Primeira vista de Amsterdam
Amsterdam
Amsterdam
Anúncios

2 comentários sobre “Bad trip II

  1. Caroline Azevedo

    Aiiiiiiiiiii adorei ver as fotos quer mostram Portugal de cima…que legal! [;)] A chegada a Amsterdã…A última foto da aeromoça surpresa em ser flagrada em serviço, tá demais!!! Hahahaha
    Bom resumo da viagem inteira!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s