O Retrato de Dorian Gray

Há umas semanas reli o referido livro. Apesar de eu ter caído no sono em alguns trechos – precisamente os que tratam dos conhecimentos um tanto burgueses de Dorian – as pérolas de Lorde Henry Wotton sao ótimas.

`Mas a beleza, a verdadeira beleza acaba onde comeca a a expressao intelectual. A intelectualidade é em si mesma um modo de exagero e destrói a harmonia de qualquer rosto. Desde o momento em que alguém se senta para pensar, torna-se todo nariz, ou todo fronte ou alguma outra coisa horrenda. Repare nos homens que triunfaram profissoes intelectuais. Como sao, de fato, hediondos! Exceto, naturalmente, na Igreja. Mas, na Igreja, nao pensam.´

`Uma fatalidade pesa sobre toda a superioridade física e intelectual, essa espécie de fatalidade que parece seguir, através da história, os passos vacilantes dos reis. O melhor é nao sermos diferentes dos nossos companheiros. Os feios e os nécios sao os mais bem aquinhoados, sob este ponto de vista, neste mundo. Podem sentar-se à vontade e bocejar na representacao. Se nada sabem do triunfo, está-lhes, pelo menos, amenizado o conhecimento da derrota. Vivem como queríamos viver todos, impertubáveis, indiferentes e sem inquietacoes. Nem arruínam os outros nem sao arruinados por maos alheias. Entretanto, voce, Harry, com a sua posicao e a sua fortuna; eu, com o meu talento tal como é, a minha arte no que valha; Dorian Gray, com o seu magnífico semblante, sofreremos todos pelo que os deuses nos deram, e sofreremos terrivelmente.´

(Esse trecho acima é by Basílio Hallward e está aí em homenagem ao Sr. Guedes. Adoooooooooooooro)

***

`Pois bem, o valor de uma idéia nada tem a ver com a sinceridade da pessoa que a expressa. Na realidade, as probabilidades sao de que, quanto mais insincero é o homem, mais puramente intelectual a idéia será, uma vez que, naquele caso, nao estará colorida por nenhuma das necessidades, dos desejos ou dos preconceitos dele. Contudo, nao pretendo discutir política, sociologia ou metafísica com voce. Prefiro as pessoas aos seus princípios, e prefiro, acima de tudo no mundo, as pessoas sem princípios.`

Mark Kingwell, professor de Filosofia na Universidade de Toronto e editor-colaborador da Harper´s, parece ter uma idéia de certo modo complementar à nocao de que os intelectuais sao facilmente contaminados por suas próprias necessidades, desejos, preconceitos… e opinioes:

´… the routine academic consumption of Veblen, Adorno, Berger, and the rest, , which also seems to reduce criticism to commodity and insight to position.`

Reduce insight to position… Interesting, Larry David diria.

***

De volta a Lord Henry, Harry para amigos íntimos como Dorian:

` É triste ter de admiti-lo, mas nao se pode duvidar de que o Genio dura muito mais que a Beleza. Isso explica por que nos empenhamos tanto em instruir-nos. Temos a necessidade, na dura luta pela vida, de algo que perdure, e enchemos o nosso entendimento de futilidades de espécie, na va esperanca de manter o nosso prestígio.´

***

`Os que sao fiéis conhecem unicamente o lado trivial do amor; o infiel é que conhece as tragédias do amor.`

***

`Posso suportar a forca bruta, mas a razao bruta é insuportável. Há algo de desleal no seu emprego. É como dar um golpe baixo na inteligencia.`

***

`Hoje em dia, a maioria das pessoas morre de uma espécie de senso comum progressivo, descobrindo, quando já é demasiado tarde, que a única coisa que ninguém nunca deplora sao seus próprios erros.`

***

` Lorde Henry ainda nao havia chegado. Atrasava-se sempre por princípio, e o seu princípio era que a pontualidade representava um roubo de tempo.`

Partilho da mesma opiniao de Lorde Henry. (acima)

***

`Hoje em dia, as pessoas sabem o preco de tudo, mas nao sabem o valor de nada.`

***

`- Nao se case nunca, Dorian. Os homens se casam por cansaco; as mulheres, por curiosidade; ambos ficam decepcionados.`

***

` – Meu caro amigo, nenhuma mulher é genio. As muheres sao um sexo decorativo. Nao tem nunca nada a dizer, mas dizem-no de um modo encantador. As mulheres representam o triunfo da matéria sobre a inteligencia, exatamente como os homens representam o triunfo da inteligencia sobre os costumes.

– Harry, como pode voce falar assim?

– Meu caro Dorian, isto é a pura verdade. Analiso as mulheres neste momento e tenho, portanto, a obrigacao de conhece-las. O tema é menos intrincado do que eu pensava. Vejo, finalmente, que nao há mais que duas classes de mulheres. As que nao se pintam e as que se pintam. As mulheres que nao se pintam sao muito úteis. Se voce quer adquirir fama de respeitabilidade, a única coisa que deve fazer é convidá-las para jantar. As outras mulheres sao verdadeiramente encantadoras. Cometem, no entanto, um erro. Pintam-se para tentar parecer jovens. As nossas avós se pintavam para tentar conversar com brilhantismo. O rouge e o esprit* costumavam ir juntos. Hoje, isso tudo se acabou.`

*o espírito, a inteligencia

***

`- Meu caro amigo, os que nao amam senao uma vez na vida sao os verdadeiramente superficiais. O que eles chamam lealdade e fidelidade eu chamo a letargia do costume ou a falta de imaginacao. A fidelidade é, para a vida emocional, o que a estabilidade é para a vida intelectual: uma simples confissao de fracassos. Fidelidade! Algum dia vou analisá-la. Acha-se nela a paixao da propriedade. Há muitas coisas que abandonaríamos se nao temessemos que outros as apanhassem.`

***

`Quando alguém está enamorado, comeca sempre iludindo a si mesmo e acaba sempre iludindo os demais.`

***

`Quando somos felizes, somos sempre bons, mas quando somos bons, nem sempre somos felizes.`

***

` – Ser bom é estar em harmonia consigo mesmo – replicou, acariciando com seus finos dedos pálidos a delgada haste de sua taca – E nao o ser é ver-se forcado a estar em harmonia com os outros. (…) Considero, para o homem culto, o simples fato de aceitar padrao da época uma forma da mais indecorosa imoralidade.`

***

`- Realmente, hoje em dia, tudo sao imposicoes. Acho que a verdadeira tragédia dos pobres está em que nao podem viver senao de renúncias. Os belos pecados, como todas as coisas belas, sao privilégios dos ricos.`

***

`As mulheres, como disse um frances de muito espírito, inspiram-nos o desejo de produzir obras-primas, e impedem-nos sempre de levá-los a cabo.`

***

`As mulheres defendem a si mesmas atacando, assim como atacam por meio de repentinas e estranhas submissoes.` (essa nao é do personagem, mas sim do próprio autor)

***

“O único encanto do passado está justamente em ser passado. Mas as mulheres nunca sabem quando cai o pano. Querem sempre um sexto ato, e propoem continuar o espetáculo, quando já desapareceu, totalmente, o interesse da peca. Se lhes fosse permitido agir a seu bel-prazer, toda comédia teria um final trágico e toda tragédia se transformaria numa farsa. Sao encantadoramente artificiais, mas nao tem nenhum senso artístico. (…) As mulheres vulgares sao sempre muito conformadas. Algumas usam cores sentimentais. Nao deposite nunca sua confianca em uma mulher que usa vestido malva, qualquer que seja sua idade, ou numa mulher de trinta e cinco anos, que gosta de fitas cor-de-rosa. Isto quer dizer sempre que tem uma história. Outras encontram grande consolo em descobrir repentinamente as boas qualidades de seus maridos. Fazem ostentacao de sua felicidade conjugal, como se isso fosse o mais fascinante dos pecados. A religiao consola algumas. Seus mistérios possuem o encanto de um flerte, disse-me uma dama certa vez; e concordo plenamente. Aliás, nada envaidece tanto como ser tido como um pecador. A consciencia torna-nos uns egoístas. Sim; sao realmente inumeráveis os consolos que as mulheres encontram na vida moderna. Como ve, deixei de mencionar o mais importante.

– Qual é, Harry? – disse o jovem, com indiferenca.

– Ora, o consolo evidente: tomar o admirador de uma outra, quando se perde o que se tinha. Na aristocracia, isto reabilita sempre uma mulher.”

***

Do autor:

“A sociedade, a sociedade civilizada pelo menos, nunca se acha disposta a acreditar em alguma coisa desabonadora em relacao àqueles que sao simultaneamente ricos e sedutores. Considera instintivamente as maneiras mais importantes do que a moral e, em sua opiniao, a mais alta respeitabilidade vale muito menos do que o fato de se possuir um bom cozinheiro. E, afinal de contas, é um fraco consolo ouvir dizer que a vida privada de um homem que oferece jantares de segunda ordem e vinhos inferiores é sem manchas.”

***

by Dorian Gray:

“A classe média, à hora da sobremesa, faz alarde de seus preconceitos morais e seus membros comentam entre si o que eles dizem ser a frouxidao de costumes de seus superiores, para dar idéia de que pertecem à alta sociedade, e mantem as melhores relacoes com as pessoas que caluniam.”

***

by Harry

“- Os maridos das mulheres belas pertencem à categoria dos criminosos (…)”

***

” – É inteiramente monstruoso – disse por fim – o costume que tem as pessoas hoje em dia de falar mal dos outros às suas costas, afirmando coisas que sao absoluta e completamente verdadeiras.”

***

” – Nunca se tornará a casar, Lady Narborough – interrompeu Lorde Henry. – Foi feliz demais da primeira vez. Quando uma mulher se casa de novo é porque detestava seu primeiro marido. Quando um homem se torna a casar, é porque adorava sua primeira mulher. As mulheres tentam sua sorte; os homens arriscam a sua.”

***

” – Como podes dizer isso? Confesso que acho melhor ser belo do que bom. Mas, por outro lado, ninguém se sente mais disposto do que eu a reconhecer que é melhor ser bom do que ser feio.”

***

” (…) A cerveja, a Bíblia e as sete virtudes capitais fizeram da nossa Inglaterra o que ela é hoje.”

***

Sobre os ingleses:

” – Sao mais astutos do que práticos. Quando fazem suas contas, equilibram a estupidez com a riqueza e o vício com a hipocrisia.”

***

” (…) – Quando procuramos sobressair, criamos sempre inimigos. Para ser popular é necessário ser medíocre.”


Anúncios

6 comentários sobre “O Retrato de Dorian Gray

    1. Camila

      UHAhuahuhua
      Claro que nao foi ruim, heheh!!!
      Coincidencia… hum… eu diria conexao, sei lá. He, eu tinha uma palavra melhor em mente, mas esqueci.
      Entao, hehe, o comentário de Lorde Henry é bem egoísta, sei disso, he. A falta de pontualidade, como ele disse, é ganho de tempo para o atrasado, mas perda de tempo para quem espera, he. É o roubo de tempo dos outros para si mesmo.

      Curtir

  1. Bruno Guedes

    Sensacional!!! Obrigado pela homenagem.
    “Se nada sabem do triunfo, está-lhes, pelo menos, amenizado o conhecimento da derrota. Vivem como queríamos viver todos, impertubáveis, indiferentes e sem inquietações”.

    Seria esta, pois, existência menos inautêntica do que aquela rodeada por tantas instâncias e vozes de uma atualidade atemporal e permanente, nesse mundo pasteurizado. Será que um dia a gente chega lá?

    Beijo grande.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s