Uma temporada na Noruega

Isso mesmo, haverá uma outra temporada no semestre que vem, além da temporada na Inglaterra. A Noruega, hoje em dia, atrai muitos jovens suecos em busca de empregos simples e bem remunerados. Assim, eu e Erik decidimos trabalhar no nosso vizinho. O Erik já arranjou uma ocupação que contribuirá com os estudos dele. Eu ainda preciso buscar algo.

Será uma temporada que começará, na verdade, na Dinamarca. Já havia estado lá antes, mas nunca na capital. Passaremos dois dias em Copenhague (em sueco, Köpenhamn; em dinamarquês, København). Eu ganhei do pai do Erik, no Natal passado, uma caixinha com um tíquete que dá direito a uma noite em hotel legal de lá. Além disso, a banda preferida do Erik, The Brian Jonestown Massacre, vai tocar por lá. Como vamos para a Noruega e a Dinamarca fica “meio” no caminho, unimos o útil ao agradável.

Depois desses dois dias na Dinamarca, vamos para a Noruega, morar em Ålesund por dois meses. Iremos no final de junho.

Ålesund fica aos pés dos fiordes noruegueses e, segundo a Wikipedia, é a capital mundial do bacalhau. A indústria da pesca é a principal atividade dessa cidade de 40 mil habitantes.

Anúncios

11 comentários sobre “Uma temporada na Noruega

  1. carolinecunha

    Aiiii Camila, não sabe o quanto me encanta saber que vc e Erik estão curtindo viagens e mais viagens; experiências e mais experiências! Que bacana! Que maravilha!
    Estão vivendo momentos únicos e conhecendo o mundo…. está mais que apoiado por mim! Aproveitem muuuuuuito!

    Curtir

  2. the veggie brunette

    Eeeeek, already end of June when you are leaving? That’s very sooooon! We should use May to meet enough often so we will be able to cope with your absence during the autumn 😉

    Curtir

  3. Rejane Freire

    Nossa! Eu acredito mesmo que sua vida nunca é monotóna! Vivendo sempre em algum lugar diferente , conhecendo coisas e pessoas diferentes,fazendo programas mais diversos! Só posso dizer que aproveite muito de tudo isso e sejas muito feliz! Beijo grande:)

    Curtir

  4. Faço a mesma pergunta da Natália: Tem algum lugar do mundo que você não vai morar? Esta semana na aula de inglês lembrei muito de você. Estávamos falando de guide books, vocês deveriam pensar em escrever guias dos lugares que passaram, ia ser muito legal! hehehehe. Beijão.

    Curtir

  5. Pingback: Cenas de Pushkar: ruas e pessoas «

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s