Cervejas do inferno e do céu

Eu e Erik fizemos algo que havíamos prometido há tempos: um “date” (encontro) no pub Ville Valla. Eu já havia escrito sobre esse pub de estudantes aqui. Eles têm um sortimento excelente e preços melhores ainda, mais baratos que em qualquer outro pub de Linköping.

Assim, Erik e eu nos arrumamos bem bonitos, pegamos um ônibus (detalhe: eu, de salto) e não economizamos em nossas escolhas cervejeiras.

Tomamos cinco (na sequência). Primeiro, duas do inferno, mas a última é do céu.

Dieu du Ciel – Corne du Diable

Estilo: India Pale Ale (IPA)

Cervejaria: Dieu du Ciel

De onde: Montreal, Canadá

ABV (é o teor alcoólico): 6,5%

Primeira vez: sim

Uma IPA bem interessante, diferente do estilo clássico.

Nota: 4+

Stone Oaked Arrogant Bastard Ale


Estilo: American Strong Ale

Cervejaria: Stone Brewing Co.

De onde: Escondido, Califórnia, USA

ABV : 7,2%

Primeira vez: sim

Eu sempre quis provar esta. Admiro a cervejaria, os rótulos, a atitude. Em tempos de Bier & Wein, incluí esta cervejaria em uma lista com sugestões para importação. Provei, gostei bastante, mas minhas expectativas eram altas demais. Ela não é envelhecida em barris, apenas recebe chips de carvalho. Nada contra, o resultado é ótimo. É muito claro no sabor a presença dos chips.

Nota: 4

Skebo Lantöl

Estilo: Premium Bitter/ESB

Cervejaria: Skebo Bruksbryggeri

De onde: Skebobruk, Suécia

ABV : 5,4%

Primeira vez: não

Esta já havia provado no Linköping Beer Expo de 2011. É um dos rótulos de uma micro-cervejaria bem pequena aqui da Suécia. Eles produzem apenas estilos ingleses. Os donos são muito legais, eles estavam atrás do balcão da Skebo no festival do ano passado. É muito boa, mas a ordem das cervejas atrapalhou a degustação desta (os benditos chips da Arrogant Bastard).

Nota: 3+

Kasteel Triple

Estilo: Abbey Tripel

Cervejaria: Brouwerij Van Honsebrouck

De onde: Ingelmunster, Bélgica

ABV : 11%

Primeira vez: sim

Já tinha ouvido falar bem e me surpreendeu bastante, por ser diferente das tripéis típicas: clara, transparente, com bastante carbonação. Aos poucos, me ganhou, é bem delicada e a quentura do álcool, bem perceptível. Ainda assim, é bem refrescante, substitui muito bem um vinho branco, principalmente champanhe. Tomei uma garrafa como a da foto.

Nota: 4

La Trappe Quadrupel

Estilo: Abbey Quadrupel

Cervejaria: De Koningshoeven

De onde: Berkel-Enschot, Holanda

ABV : 10%

Primeira vez: não

Sempre um prazer maravilhoso!

Nota: 5

Anúncios

3 comentários sobre “Cervejas do inferno e do céu

  1. carolinecunha

    Eu ameeeeei este post! Super bem organizado, cheio de informações…uma graça! Adoro ver também os rótulos, como são interessantes! Pra vc ver como imagem é tudo, algumas, só de olhar já dá vontade de provar…
    Mas como vcs não tiraram fotos desde saindo de casa, pelas ruas a noite (já imaginou que belas fotos com o cenário lindo daí?) e de vcs dentro do pub?!?
    Senti muita falta, pra mim foi como estar comendo um delicioso bombom, e ver de repente o recheio cair todo no chão!
    :((((((((

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s