Primeiros cursos na Universidade de Linköping e tendências ambientais

Agora que eu oficialmente acabei todas as atividades relacionadas a trabalho e estudos, aproveito para mostrar um pouco do que estudei na Universidade de Linköping este ano.

Foi estressante, deu muito frio na barriga. Foi a primeira vez que estudei em uma universidade no exterior e isso por si só já é motivo de bastante ansiedade e perfeccionismo. Fiz dois cursos independentes, mas um deles, na verdade, faz parte de um programa de mestrado: Social and Political Ethics, um curso de Filosofia Política. Foi bem intensivo, pois o curso é 100%, mas dura apenas um mês. Isso significa que todo o trabalho de um semestre deve ser feito em apenas um mês. Eu tive que ser bem disciplinada, pois a literatura incluiu um livro bem grosso e textos extras. Tivemos seminários e ainda a produção de dois artigos (papers) individuais.

O outro curso, que acabei há duas semanas, chama-se Sustainable Development in the Global Context (Desenvolvimento Sustentável no Contexto Global). Eu adorei, pois envolve muitas questões com as quais gosto de trabalhar, que me interessam muito. Pode estar aí um possível caminho. O pretextto deste post era apresentar estes dois cursos que me tomaram o semestre, mas o que quero mesmo é apresentar um relatório, parte da bibliografia do curso de desenvolvimento sustentável. Em tempos de Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável ou Segunda Cúpula da Terra), é bastante propício mostrar as melhores partes de um relatório do Pnuma (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) sobre o que tem acontecido no mundo desde a primeira conferência há 20 anos atrás (Rio 92, Conferência das Nações Unidas sobre o Meio-Ambiente e o Desenvolvimento, ou Primeira Cúpula da Terra). Muitos dos relatórios e textos das Nações Unidas nessa área são vazios, burocráticos. Falo de carteirinha pois li os mais importantes palavra por palavra para escrever o meu paper final, que tinha a convenção deste ano como pano de fundo. Mas este relatório do Pnuma, entitulado Keeping Track of Our Changing Environment: from Rio to Rio+20, traduzido como “De olho no meio ambiente em mutação: Do Rio à Rio+20”, é exceção à regra e contém muitos gráficos e informações bem úteis e desconcertantes. É um dos textos de referência para a Rio +20. Pois bem, eu o li inteirinho e vou publicar as melhores partes aqui.

Keeping Track of Our Changing Environment, UNEP Outubro 2011

População urbanaMega cidades
Favelados
Consumo de carne

Emissões de CO2 (gás carbônico)

Setores que mais emitem gases de efeito estufa

Aumento de CO2 na atmosfera

Aumento da média da temperatura global

Os 1o anos mais quentes

Íntegra do relatório aqui.

Anúncios

8 comentários sobre “Primeiros cursos na Universidade de Linköping e tendências ambientais

  1. Pingback: Mais tendências (desastres) ambientais «

    1. Hehehe, você sabe beeeeem… Foi super legal, mas bem estressante. Eu coloquei metas muito altas, tipo queria ser um gênio e escrever O paper que resolveria os problemas da humanidade, uahuahua… Mas enfim, hoje posso dizer, com o perigo de soar pedante, que o esforço valeu a pena e todos os professores ficaram impressionados (sei porque eles me falaram e mandaram e-mails) e tirei a nota máxima nos dois cursos. O melhor de tudo é que descobri um possível novo caminho, dentro daqueles planos sobre os quais conversamos quando te visitei, lembra? E também agora me sinto bem confiante para dar continuidade aos estudos aqui.
      Beijão!
      PS: eu vi o seu e-mail, vou responder assim que chegar na Noruega. Agora estou assim: checo o e-mail/blog por 5 min e o resto do tempo, fazendo malas, embalando tudo, empacotando, limpando…

      Curtir

      1. hahaha… Claro que ia tirar a nota máxima! Este retorno é muito bom, não é mesmo. Ainda mais pela insegurança de estar estudando em uma universidade estrangeira. Que ótimo que o leque de possibilidades se abriram, é sempre muito bom conseguir refletir melhor sobre estas questões profissionais e acadêmicas… hehehe. Parabéns!!! 😀

        Curtir

  2. Pingback: Retrospectiva 2012 I «

  3. Pingback: Um novo projeto começa: mestrado |

  4. Pingback: Mestrado em desenvolvimento internacional na Universidade de Lund – o que é isso? |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s