Um passeio pelo centro de Aveiro

Durante a semana que passei em Portugal, meus pais me levaram para várias cidades que eles gostam, cidades importantes no país. Logo no primeiro dia fomos a Aveiro. A nossa base era a Murtosa e, de lá, fizemos vários passeios. Creio que Aveiro, com 78.450 habitantes, é a maior cidade mais próxima da Murtosa:

Passeamos por uma tarde. O centro da cidade é cortado por um canal:

DSC00673

DSC09787
Meus pais passeiam em Aveiro

DSC09780

Uma das coisas mais famosas de Aveiro são os barcos moliceiros. Moliço é uma planta aquática que serve para adubar a terra. Os moliceiros são barcos usados justamente para apanhar o moliço da Ria de Aveiro. O meu bisavô, pai das minhas avós (lembrem-se que elas eram irmãs), era catador de moliço. Os barcos são sempre decorados, coloridos. De acordo com a Wikipedia:

Moliceiro é o nome dado aos barcos que circulam na Ria de Aveiro, região lagunar do Rio Vouga. Esta embarcação era originalmente utilizada para a apanha do moliço, mas actualmente mais usados para fins turísticos.

É um dos ex-libris de Aveiro, em conjunto com os Ovos Moles e a Universidade de Aveiro. De entre os barcos típicos da região, o moliceiro é considerado o mais elegante; apesar da decoração colorida e humorística, é um barco de trabalho para a apanha do moliço, o qual era a principal fonte de adubagem nas terras agrícolas de Aveiro.

São barcos de borda baixa para facilitar o carregamento do moliço. Os moliceiros têm uma proa e uma ré muito elegantes que normalmente estão decorados com pinturas que ridicularizam situações do dia a dia. O comprimento total é cerca de 15 metros, a largura de boca 2,50 metros. Navega em pouca altura de água. O castelo da proa é coberto. Como meios de propulsão usa uma vela, a vara e a sirga. A sirga é um cabo que se utiliza na passagem dos canais mais estreitos ou junto às margens, quando navega contra a corrente ou contra o vento. É construído em madeira de pinheiro.

DSC09782

Moliceiros decorados
Moliceiros decorados

Outra marca registrada de Aveiro são os ovos moles:

Trata-se de um doce regional, tradicional da pastelaria aveirense, cuja fórmula e método de produção original se deve às freiras dos vários conventos aqui existentes até ao século XIX – dominicanas, franciscanas a carmelitas. As religiosas utilizavam a clara de ovo para engomar os hábitos, enquanto que as gemas, para que não fossem desperdiçadas, se constituíram na base para a feitura do doce. Extintos os conventos, o fabrico dos ovos moles manteve-se, graças a senhoras educadas pelas referidas freiras. Desde o início da linha de caminho de ferro Porto-Lisboa que é tradicional a sua venda durante a paragem dos comboios na estação de Aveiro, feita por mulheres usando trajes regionais.

Eu não experimentei, pois realmente não sou fã de doce com ovos.

DSC09806

DSC09792

DSC09801

As casas eram bem bonitas:

DSC09773

DSC09776

DSC09784

DSC09779

DSC09790

Nem tudo está bonito em Portugal. Afundados em uma crise que é de todos, o povo parece estar bem insatisfeito com as medidas de austeridade, com o Banco Central Europeu, com a Troika e tudo o que se refere às medidas econômicas tomadas para conter a crise. Enquanto eu estava lá, a palavra austeridade estava na boca de todos, e a TV não parava de mostrar manifestações e matérias sobre o assunto. As coisas estão bem quentes em Portugal. O desemprego é imenso e muitos benefícios sociais foram cortados. Há pichações por muitas partes, convites a demonstrações:

DSC09777

11 comentários sobre “Um passeio pelo centro de Aveiro

  1. Pingback: A Universidade de Coimbra «

  2. Pingback: Praia do Furadouro «

  3. Adorei os moliceiros decorados! As fotos estão muito lindas, adorei as casas e o pôr-do-sol também. A quarta casa é maravilhosa, a arquitetura é tão rica e cheia de detalhes. O formato da casa, as colunas, tudo perfeito.
    Aqui também houve alguns cortes de benefícios mas sinceramente não afeta muito as pessoas honestas que trabalham para viver.

    Curtir

  4. Adorei este post. Cada foto. Uma casa mais linda do que a outra, assim como as fotos da Ria de Aveiro. Também achei especialíssimo vc ter contado e explicado a todos, sobre os barcos moliceiros, e falando da nossa família.
    A foto do pai e da mãe super espontânea, natural e divertida…AMEI! 🙂
    E a outra do pai com a estátua, também bem legal.

    Curtir

  5. Portugal deve ser uma cidade mto interessante, cheia de histórias e tradições pelas ruas. Mto legal ler sobre os moliceiros e seus pais são muito fofos. Deve ter sido ótimo matar a saudade!
    As casas são lindas! A arquitetura moderna tem sua beleza, mas parece tudo muito frio e impessoal às vezes…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s